Um Blog para escrever o que me vai no coração, inspirado num blog de um amigo e com o incentivo dele.

29
Jul 09

Quantas vezes...

Quantas vezes desejava que ao lado do meu cérebro existisse uma máquina que gravasse todos os meus pensamentos... Pois existem memórias, conversas internas que nunca são relembradas na sua plenitude.

Quantas vezes me sento na beira da cama, já bem tarde, e no silêncio da noite, sob um candeeiro a meia luz, as memórias surgem na mente como se fossem flashes de fotografias em sequência rápida.

Quantas vezes subo até ao meu esconderijo e fico sentada na minha cadeira já velhinha, cruzo as pernas e olho fixamente um monitor, no meio da escuridão, como se dele esperasse palavras e conseguisse manter um diálogo.

Quantas vezes, já está a cabeça deitada no travesseiro, os olhos começam a pesar, as pestanas já quase não se aguentam, as pálpebras tendem a cair e na cabeça existem mil e uma coisas por resolver, perguntas sem resposta...

Quantas vezes cobramos à vida o que de menos bom nos pode ter acontecido ou está a acontecer, cobramos à vida porquê que não temos mais e melhor, cobramos o que não pode nunca ser cobrado!

Quantas vezes penso se cada passo que dei, se por cada caminho que optei, se as decisões que tomei, se a voz grossa sentida em alguns momentos, se as lágrimas de ocasiões, foram as melhores opções, os melhores sentimentos!

Quantas vezes "tenho" de me olhar ao espelho, observar, venerar, e até dizer bem alto o valor que tenho, a pessoa que sou, berrar todas as minhas qualidades misturadas com os meus defeitos?!

Quantas vezes repetia tudo...

Quantas vezes não voltava a proferir determinadas palavras...

Quantas vezes seria Eu mesma?!

Sempre, e sem nenhum arrependimento, viveria cada segundo, minuto e dias da minha vida como até agora vivi. Todos os caminhos pelos quais eu possa ter optado foram, no momento da escolha, os mais acertados, os mais correctos para aquela determinada altura.

 

Aqui deixo escrito que, contigo viveria tudo da mesma forma, só com uma diferença, que o medo não existisse! :S

 

Beijos

publicado por Joaninha às 20:55

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
14
16
17
18

19
21
22
25

27
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO