Um Blog para escrever o que me vai no coração, inspirado num blog de um amigo e com o incentivo dele.

16
Set 08

Um dia de cada vez, mas cada um com a devida intensidade. Ensinaram-me isto para que a vida sorria e para que eu sorria na vida e para a vida.

Pensava eu que não tinha amigos, enganei-me!

Tenho amigos que nem imaginava que o eram, tenho conhecido muita gente que se preocupa comigo e mostra que gosta de mim, tenho recebido convites para sair, me divertir, para dançar....

Para quê ter receio que o telemovel toque?!

Para quê ter receio de me cruzar com "pessoas"?!

Afinal de contas não fiz mal a ninguém e não devo nada a ninguém....

Lá imaginava eu que ia conhecer pessoas que se tornaram importantes no meu dia-a-dia?!

Deus tem sempre algo reservado para nós, algo especial para cada um, quando uma porta se fecha Ele já tem outra preparada para a abrir, mas muito melhor! Se houveram dias em que tive dúvidas, hoje não tenho dúvidas em relação a isso.

Passei dias dificeis e complicados, mas há gente nesta Terra que tem dias bem piores que os meus, que passam por dificuldades inimagináveis aos nossos olhos e por vezes pensamentos. Pensar que a solução dos problemas está na morte, é errado. A solução para os problemas está na capacidade de procurar soluções, lidar com eles e atingir um fim positivo com muito sucesso. Claro que não é assim tão linear, mas que é possivel é, só não podemos cruzar os braços e achar que tudo à nossa volta é mau.

A Vida é um caminho e ninguém disse que era fácil ou dificil. Fomos colocados neste Mundo sem escolha, portanto temos de cumprir a nossa missão! Por isso, temos de erguer a cabeça, erguer os braços e mãos à obra, temos de lutar pela felicidade, pela nossa paz interior, harmonia, sucesso, encontrar o que nos realiza, o que realmente gostamos de fazer... temos de dizer o que achamos, mostrar que amamos aquela ou a outra pessoa...

Quando o pobre enriquece fica todo contente, fica louco de alegria, nem sabe o que fazer a tanta fortuna, o que fazer à Vida, e muitas vezes acaba por se perder nos prazeres da vida....

E o rico? Quando o rico fica pobre? Esse fica louco de angústia, de tristeza, não sabe lidar com a mudança, e também se perde, perde a sua auto-estima, o seu bem-estar, a paz, o sorriso, pode até chegar a "vagabundo"!

Pois é, a vida dá muitas voltas! E nós não sabemos qual é a nossa volta!

Devemos viver um dia de cada vez e dentro das nossas capacidades, um passo em falso e caímos no abismo. Há que pensar muito bem antes de tomar decisões que podem de alguma forma trazer disabores à vida.

O nosso destino já está escrito, mas cabe a cada um alterar nem que seja uma virgula no futuro, cada um tem essa capacidade, são opções!

 

Dedico este texto a uma amiga que está a passar por uma fase menos boa, mas que tenho a certeza que vai sair vencedora!

Beijos e força, eu estou aqui!

Para ti K*

publicado por Joaninha às 19:19
sinto-me:

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
17
18
19
20

21
23
26
27

28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO