Um Blog para escrever o que me vai no coração, inspirado num blog de um amigo e com o incentivo dele.

30
Mai 10

 

Uma música que diz tanto e que não mostra nada...

Letra fantástica...

 

"Dizem que o medo e a dor

fazem a gente aprender a superar como for

um mal de amor pra valer

Verbos e sonhos se vão...

Deixando a mesma impressão

Não vale a pena viver por viver..."

publicado por Joaninha às 05:57
tags:

29
Mai 10

 

Um som simpático de se ouvir...

 

Ao som vindo de um orgão, de uma guitarra, bateria, de um baixo... os meus pensamentos voavam com as notas musicais e voltavam a mim através das mesmas ondas sonoras... Imensos pensamentos passaram pelo meu consciente adormecido... Alguns deles são a minha vontade a vaguear por terras estranhas, outros são sonhos que talvez nunca passem disso... Conseguia esboçar um sorriso, mas nem sempre é a realidade do momento, nem sempre é o que está no coração...

Muitos amigos têm dito que ando alegre, de bem com a vida.... Será mesmo verdade?! Ou já sei o que é ser artista a 100%?!

Isto assim é difícil... Aliás anda difícil!!!

Desejos sem senão... Vontades infundadas... Que confusão de vida é esta?! Que mal fiz eu para estar a levar com tudo isto?! Indecisões... e eu a cansar-me de tudo isto!!! Mas quando é que o vento vai mudar de direcção?! Ah?!

Em tom de desabafo... detesto ser ignorada, e é preciso muito para que eu acredite nas desculpas esfarrapadas... Mas bom... lá sabes tu o que queres ganhar ou perder, ou se alguma coisa queres!!!

Mais uma vez digo, não vou perder o meu tempo com quem não o merece! Pode magoar, pode fazer mossa, pode muita coisa, até dar coragem para o impensável!!!

publicado por Joaninha às 03:51

27
Mai 10

 

Existem dias como hoje

Dias em que por muito que não se pense em nada já estamos a pensar em qualquer coisa apenas porque não desejamos sequer pensar!!!

Hoje andei abstraída de tudo e de todos...

Cabeça um pouco perdida nas horas, olhos escondidos...

Não pensei em qualquer coisa...

Pensei em tudo e em nada ao mesmo tempo...

Pensei naquilo que posso ser e que acima de tudo quero ser.

Orgulho-me de tudo o que fiz até hoje!

 

Hoje, sei os sonhos que tenho em mim

Sei os sonhos que desejo realizar

Desejo alguém para os dividir

Alguém cúmplice de alegria e tristeza

Um homem que acredite em mim

A pessoa que quer dividir os lençóis comigo

 

Hoje, sei que quero cantar bem alto o meu amor

Sei que amo mas está escondido

É um amor abafado pelo tempo, pelas circunstâncias...

Onde estás tu sentimento de mágoa?!

Sei que te quero amar, mas não sei como o fazer

Desejo um amor que já ninguém acredita

 

Hoje, se pudesse cantar...

Cantava cantigas de amor!!!

 

Bjus

 

 

 

PS.: Desculpa... roubei-te a música!!! Mas de facto a música diz muito...
E... sempre que a ouço visualizo-te sentado no chão da sala a cantares e a fazer o gesto da mão que vai ao coração para mostrar "Pum by by"

 

publicado por Joaninha às 02:32

25
Mai 10
 
 

Um dia segredo ao teu ouvido tudo o que sinto
Digo-te as mais belas palavras alguma vez encontradas...
 
 
 


Gosto de tudo o que me faz sorrir, de tudo que me faz sentir viva
Gosto de saber que as pessoas de quem gosto estão felizes
Adoro sentir o amor dos outros por mim
O afecto é essencial para um ser vivo!
A amizade chega e desaparece no momento mais indesejado
Ser amigo é ser tudo aquilo que nos leva a níveis superiores de felicidade e de luta
Nem todos sabem ser amigos
Mas alguns conhecem o verdadeiro sentido da palavra e do sentimento
 
Muitas vezes na vida a amizade leva-nos a um grande amor
Transporta-nos para o nível emocional da conquista diária pelo friozinho na barriga
Entramos na fase da paixão, do apaixonante!
Uma fase bela, linda e de conquista mutúa...
Acreditem ou não, mas se esta conquista ficar cansada então pouco ou nada mais se faz
E porque para mim tudo devia ser eterno... a dor é mais forte, é mais sentida e vivida!
Mas aquele buraco que já conheço, não é de certo o mesmo até onde desejo viajar!
Portanto,
Um dia de cada vez, sempre que eu conseguir
E,
Sempre com um pé no chão, seja com quem for! ;)
 


Beijos :) ***
publicado por Joaninha às 04:15

24
Mai 10

Um belo fim de semana!

 

Pensava eu que este fim de semana não ia ser nada de especial... e afinal foi ao ritmo e som do improviso um fim de semana em cheio, repleto de diversão e risota! São destes fins de semana que necessitamos todos nós.

 

Sem nada combinado fui cair no bar onde se dança, dança e dança. Bebida oferecida... dança sempre que me apetecia... bem, planeado não era assim! Acabada a noite a brincar no parque das crianças, baloiços, escorrega, molas pinchonas de golfinhos e burrinhos... que risota!!! Os amigos são para estas coisas... Obrigado pessoal fixe ;)

 

Toca a tomar um duche para arrancar para mais uma aventura!

 

Upssss ainda não tinha ido à cama... na viagem tentava-se dormir...

 

Rumo ao park aventura... Slide e percurso aventura... ai como fiquei... é caso para dizer, não sinto nada, não sinto perninhas, bracinhos... ou melhor eu sentir até sinto, mas tudo em movimentos bem lentos que está tudo dorido... aiiiiiii (LOL)

 

Um jantar lindo... Amei!!!

 

Obrigado pelo fim de semana fantástico

Obrigado a quem me aturou sábado à noite

Obrigado pelo domingo que foi excelente

Obrigado pelo final do dia de domingo que se revelou lindo :) ***

publicado por Joaninha às 03:31

19
Mai 10

 

Hoje...

 

Hoje é dia diferente... porquê?!

Está sol, calor, cheira a primavera, as cores são alegres, tudo tem brilho...

É diferente porque fazes anos, o charme já se nota nesses cabelos por aí perdidos...

Mas também é diferente porque não te posso beijar no teu dia!

 

Hoje sei que preciso de férias!

Sei que tudo que me envolve está aqui porque eu deixei, deixo e desejo no futuro...

Sei que muito disto tudo apenas depende de mim e só de mim!

 

De vez em quando sai um sorriso, mas logo se esconde...

Já se nota que ando distante das pessoas, do mundo, da vida...

 

Mal pego no telemóvel o meu coração dispara...

É verdade... estava a ligar-te...

Foi muito bom ouvir a tua voz solta por instantes

Uma voz solta e acorrentada ao medo de falar mais...

 

Fica o aperto no coração

Fica uma vontade para quando o passado não atormentar

Fica talvez o desejo, se me posso atrever a dizê-lo ou sequer a desejá-lo!

 

Meu pequeno grão de areia que me ajudas nos momentos mais indecisos da minha vida

Aquele pequeno grão que me deixa quieta, sossegada

Que me deixa atenta ao som das ondas que batem na encosta

Deixa-me observadora de mim mesma!!!

Podia até dizer que me fazes falta na maior parte das vezes!

publicado por Joaninha às 19:04

queria gritar bem alto para a dor sair do meu peito...

queria que com esse berro tudo desaparecesse... que o berro invadisse os timpanos dos acusados, daqueles que me magoaram...

queria ser uma joana que desapareceu no tempo em detrimento de um homem, de uma relação...

queria de volta a força interior capaz de derrubar tudo e todos...

queria a certeza nas minhas palavras...

queria o amor da pessoa que me deixou triste no D***...

queria que ele não estivesse dividido entre um passado e um presente muito verde...

queria mais beijos dele...

queria a voz dele no meu ouvido... o olhar dele fixo ao meu como eu faço a quem Gosto...

queria ouvir todos os nomes que encontra para mim...

queria as brincadeiras dele... a preocupação natural dele... o sorriso espontâneo...

 

queria saber como lutar por isto tudo... e depois de me dizer que tudo esta a ser rápido demais e que não esta preparado para uma relação...

eu sinto que perdi, perdi pelo passado dele...

sei que ainda há réstia de qualquer coisa dentro dele mas por uma pessoa que não eu e isso tira-me a força, inverte o meu sorriso, apaga o brilho no olhar...

 

e instala-se a confusão

publicado por Joaninha às 01:08

18
Mai 10

O por do sol é fantástico e por vezes faz milagres!

 

Ao som da luz avermelhada

Acompanhada pelo cheiro da música

Caminhando com o bater das ondas

Vejo um caminho...

Caminho árduo e complicado no seu jeito de lidar

Mas tenho curiosidade de o visitar

À tentativa de sorrir as lágrimas soltam-se

As pernas perdem coragem

A voz perde força

E os braços deixam de balançar

Corpo pesado cai nos pequenos grãos de areia

Corpo morto e sem alento

Que tem andado desatento

Desperdiça uma vida!

 

 

Longe do mundo... mas com vontade de estar perto de ti... não sei como lutar... não sei como chegar até ao teu mundo e manter-me longe...

 

 

 

publicado por Joaninha às 03:08

17
Mai 10

Em frente ao rio, escondida pela sombra da noite procuro uma resposta ás indecisões, para as confusões...

Respostas não existem... apenas soluções e caminhos diferentes!

Enquanto isso alguém me questionou acerca desta mesma confusão rebuscada que para aqui vai... e eis a minha resposta:

"Estática no centro de uma praça muito movimentada, onde as pessoas passam por ti fazem vento, os pássaros voam sobre a tua cabeça, os carros buzinam, os sinais mudam a todo o instante de cor...A chuva cai em várias direcções, tudo se confunde, cheiros, visões... A tua cabeça move-se de forma a tentar acompanhar o trânsito do momento, mas a mente e o corpo ficam estáticos!"

publicado por Joaninha às 00:07

14
Mai 10

Quando a vida se encarrega de nos levar a um caminho inesperado...
Quando a vida nos conduz a locais que não temos qualquer vontade de ir...
Quando olhamos e não vemos o que está mesmo à frente dos nossos olhos...
Quando a música se esconde no mundo da confusão das vozes...

E porque nunca sabemos o futuro!
Apenas sabemos que temos um passado e não o queremos novamente da mesma forma.
Vivemos um presente sem saber muito bem como fazê-lo...
Há um presente que desejamos imenso mas o medo condiciona as atitudes...
Tudo, tudo porque não sabemos como vai ser o futuro!

publicado por Joaninha às 18:41

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
15

16
20
21
22

23
26
28

31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO